quinta-feira, 2 de junho de 2011

Semana

Domingo seria o 19º aniversário da minha irmã mais nova, se ela ainda estivesse viva. Dia 29 de maio. Acho uma data fofa! Deve ser, porque era o dia do aniversário dela. Apesar de que, parece... Não sei explicar, mas é que nem 25 de setembro. Penso que é uma data perfeita, mas não é porque é meu dia de aniversário. Hahahaha... Bom, mas sei lá... Parece serem datas bonitas e sonoras. Eu e minhas loucuras internas.

Fui entrar no youtube pra escutar as músicas feitas a partir dos poemas infantis de Vinicius de Moraes, tema da minha coleção pro meu TCC, e vi um vídeo chamado "Não espere", muito lindo! Segue abaixo:

Não espere um sorriso... Para ser gentil.
Não espere ser amado... Para amar.
Não espere ficar sozinho... Para reconhecer o valor de quem está ao seu lado.
Não espere ficar de luto... Para reconhecer quem hoje é importante em sua vida.
Não espere o melhor emprego... Para começar a trabalhar.
Não espere a queda... Para lembrar-se do conselho.
Não espere a enfermidade... Para perceber o quanto é frágil à vida.
Não espere pessoas perfeitas... Para então se apaixonar.
Não espere a mágoa... Para pedir perdão.
Não espere a separação... Para buscar reconciliação.
Não espere a dor... Para acreditar em oração.
Não espere elogios... Para acreditar em si mesmo.
Não espere que o outro tome a iniciativa... Se você foi o culpado.
Não espere o eu te amo... Para dizer eu também.
Não espere o dia da sua morte... Para começar a amar a vida...

“Eu aprendi que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espetacular” William Shakespeare (será?? hoje em dia, confie desconfiando!).

Domingo, fui no buffet de café colonial da São José. Nossa! Fiquei estupefata pela sofisticação e elegância do ambiente. Fiquei até com vergonha de tirar todo do local para colocar as fotos aqui para mostrar. Desteira minha eu sei. Fiquei com vergonha e não tirei, infelizmente. Mas posso garantir que quem estiver buscando um lugar para tomar café mais requintado, lá é o lugar. Ah! Lembrando que de preferência é bom saber algumas regras básicas de etiqueta, porque havia dois pratos, dois copos e uma xícara com píres, além de duas facas, dois garfos e uma colher. Acredito que o prato menos fosse para o doce, juntamente com os talheres menores, porque normalmente as coisas menores são para sobremesa. E o prato maior e os talheres maiores fossem para os salgados. O buffet é livre e a bebida (suco, café e chocolate quente e frio) também fazem parte do buffet livre. Se quiseres pedir água, H2O, cerveja, refrigerante ou qualquer outra bebida, daí você deve pagar à parte. Falando da parte financeira, é meio caro para os meus padrões de estagiária. Então... Bom, levem dinheiro se você querem conhecer o lugar. Mas vale a pena para uma data especial, assim como o dia dos namorados (já que domindo que vem é o próprio!). É um lugar aconchegante e romântico! Pelo menos na minha opinião. A comida é ótima, pena que estava quase acabando quando fui pegar, daí, fiquei meio assim de pegar mais, porque eu sou muito de pensar nos outros. Porque se eu acabar com o empadão, outra pessoa não vai poder comê-lo. Falando nisso, AMO empadããão!
Engraçado, ultimamente estou preferindo mais salgados do que doces. Desde o começo do ano passado. Oras, uma doçólotra não querer comer doce? Isso é muito estranho! Pelo menos pra mim é. Talvez seja porque já comi muuuuuito doce na minha infancia, agora não tenho mais tanta necessidade assim de doce. Ou talvez, minha vida finalmente ficou um doce, daí, preciso comer salgado pra equilibrar. Hahahaha... Piração total!
Ah! Esqueci de dizer que a companhia no buffet da São José estava bem agradável também. S2 Vamos ver como vai ser o desenrolar desta novela. Hahahaha.

2 comentários:

Andarilho disse...

Pelo visto, a companhia estava melhor do que o buffet, hahaha.

Nina Rosa disse...

hahahaha... e estava! XD