terça-feira, 31 de julho de 2012

Handel - Messiah - Hallelujah Chorus

Este mês eu tenho que fechar com este vídeo Handel - Messiah - Hallelujah Chorus, que é esplendoroso! Claro que sou meia suspeita para falar sobre músicas como esta, que são de minha preferência.



Mas há 7 razões para eu ouvir Hallelujah:

#1 - A primeira parta da reforma da nossa casa está quase no fim;
#2 - Meu blog Cacá, diário a bordo está sempre (ou quase) em dia;
#3 - Montei uma coluna fixa no blog Falar de Moda sobre moda e cultura;
#4 - Finalmente aceitei e fui trabalhar no retiro do MJE, o XIXº Encontro da Alegria com Cristo;
#5 - Terminei a logo da minha futura marca e logo logo meu ateliê ficará pronto;
#6 - Terminei a logo do blog Cacá, diário a bordo também;
#7 - Aos poucos estou realizando meus sonhos.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

The Five Friday #5

Dessa vez foi um pouquinho mais fácil, escrever as cinco boas da semana.

As 5 boas da semana:

#1 - Minha alergia de produtos de limpeza na mão está cada vez melhor (aparentemente).
#2 - As obras nos bainheiros estão (aparentemente) perto de terminar.
#3 - Minha mãe e eu (mais minha mãe do que eu) conseguimos dar uma arrumada na casinha de ferramentas do meu pai. Pelo menos está mais limpa, porque estava imunda, depois que mandaram lavar o telhado e vazou água com sujeira pra dentro da casinha, deixando tudo um mojo que só.
#4 - Pensamos numa forma de fazer meu ateliê aqui em casa, de forma mais rápida e barata de se construir e organizar.
#5 - Minha mãe e eu fomos pra Piçarras visitar meus avós que estão lá pra cuidar da minha bisavó, aproveitamos para matar as saudades da bisinha e tentar alegrar um pouco mais ela que está amuadinha.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Mais uma de casamento...

Chorei muito depois desse vídeo de casamento lindíssimo:


Será que um dia encontro alguém que declare todo seu amor (por mim) de uma maneira semelhante?

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Ou isto, ou aquilo por Cecília Meireles


Faltam 2 meses para meu aniversário! Ou eu faço festa ou eu não faço festa...

Obs.: Parabéns a todos os escritores pelo seu dia! 25 de julho dia do Escritor.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Aventuras com a reforma - Parte III

Não vou escrever cada dia, porque agora as coisas parecem estar mais devagar. Mas também, meu pai está fazendo tudo sozinho. Literalmente, o SUPERPAI!
Bom, meu pai continuou a quebrar coisas (paredes, teto e chão) para passar a parte elétrica e hidráulica. Estamos sem previsão para terminar. Mas enquanto isso, mas algumas fotinhos da bagunça.

O estado do quarto dos meus pais.

O estado do banheiro dos meus pais.

Banheiro dos meus pais.

Escritório.

Banheiro da minha irmã e meu.

Banheiro da minha irmã e meu. Detalhe: olhem a parede no lado esquerdo da foto, que é a do meu quarto.

Parede do meu quarto que faz divisa com o banheiro. Se não fosse pelos buracos (onde vai passar o cano do chuveiro), eu ficaria muito feliz pela quantidade de tomadas (apesar de achar meio esquito a disposição delas).

Meu quarto vista 2: E mais tomadas!

Não vejo a hora de estar tudo pronto!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

The Five Friday #4

Esta semana foi difícil achar as 5 boas da semana. Aqui em casa todo mundo (menos minha irmã que está morando temporariamente na casa de nossos avós) anda estressado com a reforma. Mas acabei conseguindo. Palmas pra mim!

As 5 boas da semana:

#1 - Semana da Moda do Studio de Moda Cláudia Alchini (depois eu falo tudo que rolou e como foi, primeiro preciso escrever pra minha coluna do Falar de Moda).
#2 - Comentei num blog que sigo e recebi resposta (fiquei muito feliz por isso! Por mais bobo que possa parecer).
#3 - Aprendi coisas novas na área da culinária (como preparar a carne para o molho, agora só falta fazer o molho completo e estarei pronta para casar!).
#4 - Hoje fui fazer o curso de maquiagem gratuito que ganhei da Contém 1g, assim fui produzida para o último dia da Semana da Moda.
#5 - Ontem chegou meu livro "O Terapeuta de Bolso" que minha psicóloga recomendou e eu comprei.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Comentário com resposta

Nunca havia comentado em blogs que sigo. E nesta terça-feira, depois de um encontro com blogueiras sobre blog, comentários, etc., senti-me inspirada a comentar nos blogs que leio. Mas não quero comentar qualquer coisa. Quero comentar algo com conteúdo. Por isso, vou comentar apenas aquilo que eu tiver uma opinião formada, apesar de não ter muita opinião formada sobre muita coisa, porque ainda estou aprendendo sobre isso.
Então, enquanto dava umas lidas nos blogs que sigo, isso já era umas 21h30 passando, eis que me deparo com a postagem Não, isso não é um blog de moda do blog Teoria Criativa. E olha o que comentei (fiz um tratado e não um comentário! Hahahaha!) e obtive resposta:

Oi Gabi, eu sigo o seu blog, mas nunca comentei. Mas como acabei de sair de uma discussão sobre blogs e principalmente os de moda, e falamos sobre pessoas que nem eu que seguimos o blog, mas não comentamos (às vezes, por não ter nada a dizer e não queremos dizer apenas “legal” ou “gostei do seu blog”, e até mesmo por certa timidez mesmo) e resolvi meter a cara a tapa e comentar. Gosto de seguir seu blog justamente por ser pessoal, com suas opiniões (mesmo discordando algumas vezes) e com isso eu sempre acabo aprendendo alguma coisa nova. Gosto de ler suas opiniões, porque não sou uma pessoa que expressa suas opiniões e queria ser assim, daí pensei que se seguisse blogs de conteúdo e que expressassem opiniões concretas, poderiam me ajudar. Ainda não vi muitos resultados, deve ser por causa da minha timidez que não me permite que eu fale muito em público, mas espero que aos poucos vou conseguindo e também espero dizer-te que você e outras blogueiras também tenham me ajudado nessa caminhada.
Então, o que tenho a dizer é: não se importe com o que os outros dizem de forma pessimista, porque para te colocar para baixo existem milhões de pessoas e para te colocar para cima existem poucas.
P.s.: Achei engraçado quando você disse que começou a escrever em blogs quando era nova, porque isso me faz lembrar a mim mesma quando comecei. Eu deveria ter uns 12 ou 13 anos. Naquela época também não escrevia nada de interessante, não que eu escreva algo de interessante atualmente, mas eu tento, às vezes com sucesso outras sem muito, como dizem é errando que se aprende.

  • Oi, Nina! Primeiro, queria agradecer muito pelo seu comentário! Você não sabe o quão lisongeada fico ao saber que meus textos são úteis para alguém! Segundo, que leitoras como você são uma injeção de autoestima. Vocês só ficam na espreita para quando comentar, virem com depoimentos lindos e emocionantes! Hihihi! Muito obrigada, de verdade. :)

    • Carina

        /  18/07/2012
      De nada! Você merece, principalmente, pelo tempo que você se dedica escrevendo algo de qualidade, o que ando tendo dificuldades em achar blogs assim. Continue com seu “trabalho” maravilhoso! ^__^~

E quando recebi a resposta fiquei toda boba! Acho que vou começar a fazer isso mais vezes. Obrigada blogueiras de Joinville, vocês me inspiraram!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Casamento... Também quero o meu!

Ultimamente tenho seguido muitos blogs de casamento (deve ser porque quero casar algum dia, apesar de ser solteira e não ter nenhum affair). O último blog de casamento que adicionei no meu bloglovin para seguir foi Vou casar e panz.... O blog é cheio de relatos de casamentos diferentes, o que eu (particularmente) penso ser muito bacana, porque sendo o casamento uma data especial para os noivos, nada mais justo que o casamento tenha a cara do casal, que conte como eles são, como eles se conheceram (talvez) e como eles se amam. Com a cara do casal é muito mais informal, e não é tão rigoroso quanto o tradicional. Eu gosto desse tipo de casamento, a cara do casal, porque é um momento especial e não deve ser feito a cara de outras pessoas, que não o casal. Assim foi o casamento da Prill e do Rafa, que retive do blog que mencionei acima (postagem: O vídeo do meu/nosso casamento), achei o casamentos deles super fofo, romântico, divertido e principalmente original:


Outro casamento que foi a cara do casal, foi o casamento dos meus amigos Dani e Leo, fotografado pela minha amiga Regi Santos. Super fofo e original também:

365 cliques por Regi Santos (clique na imagem para ampliá-la).

E vejam esta noiva lindíssima, chamada Anna Ortiz (cabeleireira que se casou com o jogar de futebol da Espanha, Andres Iniesta), a qual seu vestido foi inspirado no estilo Mallorca e com ares de anos 20.


Olhe o detalhe do enfeite de cabelo da Anna Ortiz, nem preciso dizer que me apaixonei, né?


E olha esse depoimento do noivo contando como eles se conheceram que coisa mais fofa do mundo!


Enquanto não encontro alguém para partilhar um casamento e uma vida, continuo a me apaixonar pelos casamentos alheios.

Obs.: Tinha escrito um texto melhor pra esta postagem, mas deu um problema, que selecionou do nada todo o texto, junto com as imagens, vídeo e links, e apagou tudo. Tive que recomeçar do zero. Para o meu desespero! Tive vontade de chorar!

terça-feira, 17 de julho de 2012

A Bailarina

A Bailarina de Cecília Meireles, narrado por Paulo Autran.




Antes havia programado esta postagem sem nada, sem explicação, sem conteúdo, sem nada mesmo. Agora venho escrever algumas coisas para explicar esta postagem, principalmente porque estive hoje num encontro de blogueiras para falar sobre os pontos positivos e negativos de se ter um blog e foi falado sobre ter conteúdo no blog e é isso que estou buscando para o meu, ter conteúdo! De preferencia do meu cotidiano e com minhas opiniões sobre ele.
Então, lá vamos nós as explicações...
Primeiro é Paulo Autran quem declama a poesia, um dos maiores atores que o Brasil já teve (hahahaha... nem sei direito na verdade, nunca vi ele no palco, só vi um filme com ele, porque ele é mais do teatro mesmo), mas não sei porque gosto muito dele. Ele sempre me pareceu um senhor sábio e cheio de histórias para contar (o que não deve ser difícil no ramo das artes). Segundo é uma poesia escrita pela Cecília Meireles a qual cresci escutando algumas de sua autoria. Terceiro esta poesia é muito bonitinha e quarto é sobre bailarina justamente no mês do Festival de Dança de Joinville. E é claro que eu vou! Tudo bem que só em uma noite da mostra competitiva, mas vou. E é a noite que eu mais gosto, dança contemporânea e sapateado (principalmente o último).

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Aventuras com a reforma - Parte II

Terceiro dia da reforma (terça-feira) foi marcado pela barulheira do meu pai arrancando as cerâmicas das paredes do banheiro da minha irmã e meu.
No quarto dia da reforma (quarta-feira) meu pai terminou de tirar as cerâmicas do banheiro da minha irmã e meu, além daquela banheirinha ridícula que existia.


E além disso, tiramos o resto dos móveis e coisas que ainda estavam nos quartos e no corredor que liga os quartos. Tiramos tudo e ficamos mais apertadinhos ainda de coisas. A churrasqueira que quase não tinha nada, ficou abarrotada. Não sabíamos mais onde colocar as coisas. Mas foi mais por madeira de móveis e do piso (que vamos trocar o piso de madeira dos quartos), que meu pai vai reaproveitar para fazer o forro da churrasqueira, enquanto tiramos tudo e guardamos na churrasqueira. Ou seja, lá está intransitável.


Ainda bem que minha irmã deixou seus edredons aqui em casa, foram muito úteis, já que aqui no sul está fazendo um frio de rachar. Além do sobre-lençol, colcha, cobertor e edredom, peguei mais o edredom de pena de ganso da minha irmã pra poder me esquentar. Ninguém mandou nascer na primavera, daí meus parentes só dão pijama e roupa de verão, quase não tenho pijamas de inverno, roupas andei comprando bastante no ano passado, apesar de não parecer o suficiente.
Quinto dia (quinta-feira), um ajudante de pedreiro veio em auxílio do meu pai. Eles arrancaram as cerâmicas das paredes e piso do banheiro da suíte (dos meus pais). Mas o que eles penaram mesmo foi pra remover a banheira de hidromassagem. Sim! Eles removeram e não vão colocar novamente, porque meus pais não usam e a manutenção é cara pra algo inútil, principalmente que temos piscina, então pra que ter? Só pra incomodar. Fora que a banheira tinha uma escadinha meio sinistra, que pedia pra alguém se acidentar ali. Minha mãe já bateu o joelho quando vou entrar no chuveiro/banheira pra tomar banho e acabou escorregando. Moral da história: sem banheira!
Sexto dia (sexta-feira), o ajudante de pedreiro continuou a remover as cerâmicas do banheiro da suíte do casal, enquanto meu pai mexia na parte elétrica da casa. De manhã levei o Benjamin pra tomar banho, tentei me demorar, mas o Be é muito ansioso e só quer saber de correr e como a coleira dele está toda destroçada, porque ele mordeu e quebrou os reguladores, não dá pra não correr junto com ele, porque senão ele consegue fugir da coleira. Detalhe: fui tentar tirar uma foto do gramado de uma casa, no meio do caminho pra Pet Shop e claro q deixei meu celular cair no chão e meu Ipod, quando peguei os dois e ia enfiando na bolsa a coleira escapou da minha mão. Sente uma garota desesperada atrás de um cachorro. E como ele correu. Creeedo! Tive que me jogar em cima dele. E ainda bem que consegui pegá-lo. Só furei meu dedo polegar, sei lá com o que. E depois vi que meu joelho esquerdo estava com uma pequena casquinha de machucado.

O barulho da reforma anda me deixando maluca. Quase não consigo raciocinar direito. Muito menos escutar meus próprios pensamentos. Ainda bem que achei meus protetores auriculares na minha gaveta de acessórios, pra abafar um pouco esta barulheira, mas mesmo assim o barulho é de deixar a gente doido!

Sétimo dia (sábado), só o meu pai trabalhou na obra. Agora ele está quebrando as paredes pra fazer a parte elétrica todinha nova. E eu pensei que poderia dormir até um pouquinho mais tarde, mas é óbvio que o Benjamin não ia me deixar. Peguei um saco de dormir e fui lá pra fora, lá na piscina deitar lá no sol. E ainda bem que meu saco de dormir é antitérmico, porque estava um frio de rachar. Aqui no sul está fazendo um frio danado, de deixar a mão congelada e não esquentar mais.

Levantar todos os dias antes das 8h da manhã de segunda a sexta tudo bem, até sábado é aceitável, mas no domingo? Não é brinquedo, não!

Oitavo dia (domingo), meu pai continuou a trabalhar na obra. Continuou quebrando parede e teto para a parte elétrica.
Nono dia (segunda-feira), meu pai continua na parte elétrica da casa.

Pelo jeito a reforma vai demorar bastante.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Dia mundial do rock! Sexta 13!

Sei que nas sexta-feiras tem o The Five Friday, e que eu já publiquei uma postagem, porém eu tive que escrever mais uma, porque já havia ouvido falar do Pouca Vogal, mas sem dar muita importância. Hoje escutei no jornal do almoço o Humberto Gessinger tocar e cantar e tive que correr atrás da banda. E não me arrependi! Aliás, pelo contrário fiquei apaixonada. Pena que descobri tão tarde, já que eles estão hoje aqui em Joinville, num show. Tudo bem! Estas coisas acontecem. Então, como perdi de ouvi-los ao vivo, estou me contentando em ouvi-los na internet mesmo.
E como é sexta-feira 13, dia internacional do rock, nada mais justo do que escutar Pouca Vogal!

Pouca Vogal - Um dia especial

Pouca Vogal - Ao Fim de Tudo

A música da banda, é bem o estilo que eu gosto. Suave, gostoso de ouvir, que dá vontade de cantar junto, são como poesia, carregado de sentimentos. Eles parecem que conseguem por em palavras o que muitas vezes sinto e não sei como dizer. Ou seja, conseguem ler a alma humana.
Estou conhecendo um pouquinho melhor o Pouca Vogal e aqui fica minha dica de uma banda muito boa (apesar de não entender muito sobre música).

The Five Friday #3

Dessa vez eu vou colocar também as cinco fotografias, porque tenho umas que tirei pra postar aqui e acabei esquecendo. Então, coloco aqui as cinco fotografias.

As 5 boas da semana:

#1 - Atualizei o blog Cacá, diário à bordo duas vezes (ontem e hoje), porque as outras foram programadas.
#2 - Atualizei a minha coluna no Falar de Moda duas vezes também (terça e quarta).
#3 - Inscrevi-me em oficinas de moda da Semana da Moda do Studio de Moda Cláudia Alchini (que acontecerão semana que vem à tarde e à noite).
#4 - Aprendi a fazer purê de batata.
#5 - Corri bastante com o Benjamin esta semana, até estou sentindo meus glúteos, coxas e panturrilhas mais enrijecidos, além de ter caminhado com ele até a Pet Shop pra tomar banho e escovar os dentes (hoje). Ou seja, o Be está me ajudando a me manter em forma.

As 5 fotografias:

1. eu tentando reaprender a tocar; 2. o Benjamin preso na cozinha; 3. chá de capim-limão, tirado do nosso quintal, na minha caneca do GAMP (Grafico, Animação, Moda e Produto) 2010 que tomei em junho, preparado pelo meu pai; 4. minhas amigas Fernanda e Dieny e eu, depois da oficina de clown no SESC; 5. foto tirada da minha webcam (antes dela parar de funcionar).

E aí? Gostaram?

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Aventuras com a reforma - Parte I

Começou a reforma aqui em casa. Iniciou domingo, com minha irmã tirando todas as coisas dela de casa e levando pro apartamento dos meus avós. Ela vai ficar lá até nossa casa ficar pronta. Enquanto isso, meus pais e eu vamos dormir na sala, acampados. Num acampamento bem chique por sinal, porque os acampamentos que fiz no meio do mato, não tem cama e milhões de cobertores.

Meu cantinho na sala (com minha cama, note, abajur e quadro de ímã).

A cama dos meus pais e a minha, lado a lado.

No primeiro dia (domingo), começamos a mudar tudo dos quartos para a sala e churrasqueira. As primeiras coisas que foram pra sala foram nossas camas. Pelo menos agora tenho televisão pra assistir na cama, porque no meu quarto não dava pra por minha tv, daí ela ficou na cozinha.

Olha eu, toda boba, no meio da confusão (que estava só começando)!

Minhas escrivaninha e comoda na sala, pra variar tenho uma pilha enorme de livros meus, que ainda não li e quero ler.

Segunda-feira, fomos acordados as sete da manhã pela entrega de parte do material pra reforma. Detalhe, segunda é o dia em que minha mãe trabalha à tarde e meu pai está de férias do trabalho dele (ele pegou férias, por causa da reforma e porque ele é obrigado a pegar, meu pai é um workaholic!).
E já temos nossas primeiras aventuras dessa reforma. Quando meu pai foi tentar tirar o guarda-roupas do quarta da minha irmã, ele sem querer quebrou a luminária de teto. Mas não foi a única coisa a quebrar. Quando ele estava tirando os vidros do box do banheiro da minha irmã e meu, só escutei um estouro. Lá se foi uma das folhas do vidro do box. Ainda bem que conseguimos salvar uma.
O mais engraçado foi quando meu pai e eu tiramos o armário acoplado com o espelho. Descobrimos que alguém, dos antigos moradores, andava fumando uns baseados, porque encontramos uma caixinha de fósforo e uma bituca que não era de cigarro escondidos. E o mais bizarro ainda estaria por vir. Quando meu pai foi retirar o vaso sanitário, que horror! Ou melhor, que nojo! Havia um monte de coco num lugar que não era pra ter nada. Meu pai desconfia que é coco de rato que subiu pelo encanamento. Sei lá se isso é possível, mas foi nojento! O banheiro estava muito fedido.
Não vejo a hora da reforma acabar. Os banheiros ficarem com a nossa cara e mais cheirosos e limpos, com um encanamento funcionando direito. Fora que teremos mais tomadas, não sei como as pessoas conseguem viver sem tomadas, principalmente nesta vida moderna em que temos muitos aparelhos domésticos a serem ligados à tomada. Mas tudo bem, porque agora teremos muitas tomadas e até mesmo dois interruptores no quarto, um perto da porta e outro perto da cama. Uhuuuul! Estava com saudades já de ter esta mordomia, isso porque no antigo apartamento, onde morávamos, meus pais fizeram uma reforma e fizeram interruptores perto da cama. Assim, não precisava apagar a luz na porta e ir aos tropeções até a cama no escuro, poderia apagar a luz da cama mesmo. Nada melhor do que ter um pai eletricista, mecânico, projetista e quando precisa economista, matemático, garçom, barman, encanador e até mesmo engenheiro. Não é uma Brastemp, mas é multiuso!
Isso tudo para o segundo dia da reforma já deu o que falar!

P.s.: Sempre que eu conseguir uma folguinha do meu pai (que não gosta de me ver na frente do computador, apesar de eu precisar trabalhar na frente de um), eu relatarei algumas aventuras que estamos tendo aqui em casa com a reforma.


P.s.s.: Até que o Benjamin anda se comportando bem com a barulheira! Até diminuiu os latidos! Mas ainda continua a nos acordar de madrugada! Ô Benzinho!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Indicação: Falar de Moda

Havia me esquecido de escrever que o blog, a qual sou colunista de moda, foi ao ar no dia... Boa pergunta! Acho que foi há duas ou três semanas passadas. Ninguém me recriminando, viu? Eu tardo, mas não falho!


O blog está show de bola! Ainda tem algumas coisinhas a serem ajeitadas, mas com o tempo tudo vai se resolvendo. Depois de alguns problemas com o servidor, ele finalmente foi ao ar!


E claro, que eu não posso deixar de fazer uma propagandinha da minha coluna, é claro! Não deixem de visitar e ler o que ando postando por lá, hein? Na minha coluna estou tentando sair do óbvio e mostrar a moda de uma maneira diferente do habitual, de forma descontraída e até um pouco mais divertida. Assim, primeiramente, coloco desde o início do meu contato com a moda, que se deu de uma maneira inusitada, ou seja, eu não sabia o que eu queria fazer e resolvi fazer design de moda, e como fui aprendendo sobre termos e coisas assim. Virou meio que um diário de descobertas de um universo que eu desconhecia e quem conhece ou desconhece vai poder redescobrir ou conhecer de uma maneira um tanto quanto bizarra.
Então, espero que todos se divirtam com minha coluna!

terça-feira, 10 de julho de 2012

Gorman - Autumn Ride

Uma das coleções mais fofas que eu já vi é a coleção de Autumn (outono no hemisfério norte) da marca Gorman, que não é uma marca de apenas roupas, mas é uma marca de design. Demorei uns segundos pra achar o código HTML para por o vídeo aqui, mas depois de tanto fuçar acabei encontrando.
Depois que vocês assistirem vão entender, porque gostei tanto. Não foi só pelas roupas. Foi também pela bicicleta, pela fotografia, a paisagem... Devo confessar que achei a trilha sonora meio depressiva, apesar de que combinou com o clima friozinho, o tempo meio feio (apesar de que nem sempre um dia de chuva ou nublado é feio e um dia de sol é lindo). Uma bela combinação! Encantei-me! Até parece que vai contando uma história. E de forma singela a modelo vai mudando de roupa e que mal se percebe.


E então? O que acharam?

segunda-feira, 9 de julho de 2012

"Para Francisco" por Cris Guerra

Um livro que eu quero MUUUUITO é "Para Francisco" da publicitária mineira e blogueira, do Hoje Vou Assim, Cris Guerra. Achei muito interessante e nem fazia ideia, principalmente que comecei a seguir seu blog recentemente quando descobri o bloglovin, este ano. Sabia que ela se casou no início de junho, mas não fazia ideia que ela era uma viúva, ainda mais uma viúva grávida. E neste livro, ela conta para seu filho Francisco exatamente isso, apresentando Cisco ao seu pai, Guilherme, que teve uma morte súbita quando Cris Guerra estava no sétimo mês de gestação. Reproduzido em forma de diário, conta a história de amor e morte no período de 18 de julho de 2007 a 29 de agosto de 2008. E antes de virar livro, ele era um blog, para Francisco.
Parece ser SUUUUPER interessante! Eu quero, viu? Já sabem o que me dar de presente de aniversário! <3


Para saber mais sobre o livro acesse: "Para Francisco" traz sucesso da Internet para o mundo dos livros.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

The Five Friday #2

Vamos ver se desta vez eu acerto e faço mais bonitinho. Só com cinco coisas boas que aconteceram durante esta minha semana.

As 5 boas da semana:

# 1º - Acabou a última prova de inglês e estou de férias, voltando no próximo mês, para o segundo semestre.
# 2º - Terminei de ver o anime Tsubasa Chronicle, na segunda-feira, e de ler o livro O céu vai ter que esperar, na quarta-feira.
# 3º - Terça-feira foi o aniversário da minha melhor amiga, e teve um jantar na casa dela em comemoração.
# 4º - Compramos os materiais de construção para realizar a reforma da nossa casa (da minha família e minha). Será que finalmente teremos uma infraestrutura elétrica e hidráulica descente?
# 5º - Voltei a treinar a tocar violão (bem mal que nem antigamente!) e publiquei mais dois livro na internet (veja imagem abaixo).

Para comprá-los, há links no canto direito da tela, é o último Gadget da coluna.

Obs.: Agora eu penso que acertei!

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Festa Junina Double

Já fez um pouco mais de uma semana que minha festa junina aconteceu, aqui em casa, e só agora que estou postando (hahahaha!) pra variar. Como eu já havia escritos e programado outras postagem, deixei esta programada para hoje, até foi melhor, porque daí posto as fotos da festa junina aqui em casa e a que eu fui na casa da tia Bea neste último sábado que passou.

Primeira festa junina (dia 23/06):

Olha o arranjo de mesa que eu tive a ideia de fazer e fiz!

A ideia de comprar o TNT com estampa de bandeirinhas de festa junina
pra usar como toalha foi muito boa!

As paçoquinhas e pés-de-moleque também foram arrumadas como se fosse uma fogueira.

Povo desprevenido!

Leandro, Dieyse, Eduardo (Duka), Thais.

Peguei o povo desprevenido de novo!

Guilherme (Shinta), Paula (Haruko) e Tuane (Tuca)

O casal Leandro e Samara.

Vanessa (Japa), Rodrigo e Vinicius.

Pessoal do grupo de jovens MJE!

Dieyse e Thais.

Obs.: Depois que todos foram embora é que eu me toquei que eu não tinha saído em nenhuma foto, nem pra pelo menos mostrar meu look caipira. Hahahaha!

Segunda festa junina (dia 30/06):
   
Pessoal do grupo de jovens MJE!

Pessoal do grupo de jovens MJE²!

Eu!

Eu²!

Obs.: Dessa vez eu sai nas fotos, só que não estava trajada de caipira! Hahahaha!

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Maior parte do dia fora de casa

Sai de manhã cedo pra aula de inglês (que de aula não teria nada, porque foi dia de prova), quando estava descendo minha rua és que avisto duas galinhas. Duas galinhas na área nobre da cidade, isso é uma coisa admirável de se ver. Continuei o trajeto até o ponto de ônibus. Andar 1km e meio até o ponto de ônibus não é brinquedo, não! Normalmente levo 10 a 15min, até que não é tanto tempo, mas hoje queria chegar mais cedo, só por isso no início do caminho senti uma pontada no meu estômago. Já havia sentido isso mais vezes este ano. Duas vezes (contando com esta) foram na quarta-feira indo pra aula de inglês e a primeira vez foi numa quinta-feira (um dia depois de começar a trabalhar). Até pensei que fosse nervosismo tanto na primeira vez quanto hoje, mas na segunda vez não tinha nada de especial, só estava indo pra aula de inglês e não tinha prova. Então, descartei a possibilidade de ser nervosismo, aliás apesar de não ter estudado muito, eu até que estava tranquila. Deve ter sido algo que comi, então.
A primeira vez, eu passei bem mal. Demorou pra passar a dor de estômago. E doía tanto que estava afetando também meu coração. Então, sentia dor no estômago, sentia-me inchada do lado esquerdo abaixo da costela, meu coração também doía e meu braço esquerdo parecia que estava dormente e meio dolorido. Horrível! A princípio eu pensava que estava tendo um ataque cardíaco, mas era o estômago o problema. Que coisa mais engraçada! Meu pai também teve isso. E ele descobriu que era por causa da intolerância a lactose que causou muitos gases que ficaram presos no estômago. Eu fiz o exame e de acordo com o médico está normal. Sei lá! "Há mais mistérios entre o céu e a terra do que supõe nossa vã filosofia" (algo assim do William Shakespeare). Ainda bem que nas outras duas vezes foi mais light, mas tive que ficar (depois de chegar em casa da aula de inglês) quietinha e deitada em posição fetal pra que passasse.
Voltando para o dia de hoje. Terminei de ler mais um livro, chamado "O céu vai ter que esperar", da escritora Cally Taylor, que minha mãe trocou seu vale presente da livrarias Curitiba por ele. Amei o livro! Outro dia falo mais sobre ele.
Eu ia postar sobre as exposições de arte que visitei num domingo, dia 17 de junho, mas acabei tendo um contratempo hoje (porque fomos na Balarote finalizar a compra dos materiais de construção para a reforma da casa) e não consegui escrever nada. Como preciso de tempo, paciência e inspiração também pra escrever algo "interessante" ou "de opinião" resolvi apesar escrever o que se passou comigo hoje.
Chegando em casa, foi correndo comer. Esfomeada! Mas depois de passar a tarde inteira na rua (apesar que levei bolachinhas para comer e uma garrafinha d'água, só muito precavida!) era de se esperar que eu estivesse com fome. Depois fui checar meus e-mails e ler as postagens dos blogs que sigo. Haviam 15 postagens. Mas vou acabar deixando umas 7 (Número da perfeição! E meu número favorito também!) postagens para ler amanhã. Tomara que ninguém mais atualize! Não gosto de ficar atrasada nas minhas leituras dos blogs. Senão acumula muito, daí vou passar um dia inteiro só lendo blogs e não dá pra fazer isso! E agora estou escrevendo uma atualização rápida pra vocês! ;)

Dica de hoje: Texto maravilhoso e que nos traz uma ótima reflexão, Fabrício Fashion Victim.

terça-feira, 3 de julho de 2012

As 3 peças de teatro

Então, como havia prometido, hoje vou contar pra vocês sobre as três peças de teatro que vi nos dias 13 e 17 de junho.


A primeira peça que fui ver é "Menininha" do Grupo JLM do Rio de Janeiro (deu pra perceber bastante pelo sotaque) no dia 13 de junho (quarta-feira) à noite no Teatro do SESC. É um musical que apesar de ser infantil, também é adulto por leva à reflexões. Reflexões sobre inocência, desenvolvimento e amadurecimento. Embalada pelas composições de Vinicius de Moraes (adooooro! Meu TCC foi inspirado nele! Um dia eu escrevo aqui sobre meu TCC), Toquinho, Chico Buarque (também adooooro esses dois últimos!) e Edu Lobo (que desconheço!), acompanhamos o desenvolvimento de uma menina até ela se tornar mãe, experimentando as alegrias de cada descoberta da personagem enquanto ela vai amadurecendo até se tornar mãe. E é aí que percebemos como seremos (ou somos) parecidos com nossos pais na criação de nossos filhos. As músicas que lembro que tocou foram: O Relógio (escrito por VM e cantada por Walter Franco), O Pato  (escrita por VM e cantada por Toquinho), A Casa (escrita por VM e cantada por Toquinho), Menininha (escrita por VM e cantada por Toquinho), a bailarina (escrita por Toquinho e cantada por Lucinha Lins), entre outros. Teve alguns momentos em que a atriz estava cantando que foi de arrepiar de tão lindo que foi.

Menininha (muito linda esta música! <3 )

No dia 17 de junho (domingo) às 15h no Galpão de Teatro da AJOTE vi a peça "Um príncipe chamado Exupéry" da Cia. Mútua de Itajaí - SC. Um encanto de espetáculo! Uma peça que se encaixa ao ditado de que "uma imagem fala mais do que mil palavras". E assim, a Cia. Mútua conta a história de Saint-Exupéry, autor do livro "O pequeno príncipe".


Exupéry é um jovem e destemido aviador. Ele e seus amigos, que juntos formam “os cavaleiros do céu”, enfrentam o mar, o céu e o ar; a noite, o deserto, as montanhas e as tempestades para cumprir seu ofício: transportar o correio aéreo. Essa vida de perigo, mistério e aventura inspira Exupéry a começar a escrever sua obra.
Espetáculo de teatro de animação inspirado na vida do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, entre 1926 e 1944, quando antes de ter-se tornado conhecido mundialmente por seu romance “O Pequeno Príncipe”, Saint-Exupéry trabalhou para a Companhia de Correio Aéreo Aéropostale. E numa época em que os aviões eram quase de papel, entregava cartas em escalas de vôos diários, que se estendiam pela Europa, África e América do Sul. Uma de suas escalas era na praia do Campeche, em Florianópolis, local onde ele ficou eternizado como “Zéperri”.
Cia. Mútua


Para saber mais sobre o espetáculo: Um príncipe chamado Exupéry.


Neste mesmo domingo à noite, às 20h, no teatro do SESC, vi a peça "A morte de Ofélia". Esta peça é um monólogo, onde Ofélia (interpretada pela atriz Samantha Cohen), a noiva rejeitada de Hamlet, em conversa com outros personagens é levada à loucura e a um universo de inquietações. Um espetáculo muito bem feito ao meu ver. Com uma bela fotografia, jogo de luzes... Uma bela adaptação da Ofélia de William Shakespeare.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Livros, autores, histórias e amigos, todos conectados no Skoob

Faz mais ou menos duas semanas que eu fiquei sabendo deste site, Skoob, e achei super bacana para quem, como eu, que gosta de ter o controle de suas leituras. Assim, você pode marcar os livros que você já leu, os livros que estás lendo e os que você ainda vai ou quer ler. Também podes marcar se você pegou emprestado ou tem o livro, dar sua opinião, se quer comprar ou ganhar de presente, além de adicionar seus amigos. Bem legal mesmo!


Espero que tenham gostado da dica de hoje!