segunda-feira, 11 de julho de 2011

Resumão do final de semana

Sexta-feira foi a noite das últimas apresentações de TCC do pessoal de design gráfico e produto. Como neste dia, minha amiga Juliana, blog Hiato i, ia apresentar, fui lá prestigiá-la. E como o Rafa tinha aula a noite, aproveitei para unir o útil ao agradável. Antes das bancas começarem, encontrei uma outra amiga minha. Conversamos um pouquinho pra por o papo em dia e ver se ela vai poder ir no café no próximo sábado.
Sábado foi uma mini-loucura. À tarde, passei na farmácia para comprar uns remédios, depois fui nO Sebo no evento Linha, café e livros (onde acabei comprando dois livros). Depois fui ao shopping Mueller para dar uma olhada no evento Dia de Beleza Mueller, informando-me sobre depilação a laeser e fazendo exames de glicose (o meu estava um pouquinho a baixo da média) e de massa corporal, gordura, etc. Bom, o meu resultado diz que tenho que criar mais massa muscular e adquirir mais gordura, porque está tudo abaixo da média. É eu sei, andei emagrecendo do ano passado pra cá. Estou constantemente de olho na balança pra ver se não emagreço mais, se isso ocorrer vou ter que buscar ajuda médica. Pelo menos não é por falta de comida, porque ando comendo demais ultimamente. Também posei para um amigo meu fazer uma caricatura minha. Depois fui pra casa. Mais tarde o pessoal chegou na minha casa pra gente ver filme (o filme se chamava Desconhecido, bem emocionante e dá para levantar bastante especulações sobre os personagens) e comer pipoca. Também teve quentão. Neste dia frio foi bom pra quem gosta.
Domingo foi a primeira vez que o Rafa almoçou na casa dos meus avós. E ele acabou conhecendo a minha bisavó que estava por aí de passagem. À tarde, fomos na casa da Paula jogar X-box e comer pizza no dia mundial da pizza! Madonna Mia!
Foi um final de semana bem aproveitado!

Frase para este final de semana que passou: "É duro ver a pessoa deixar sua vida, mas o pior é a sensação de que ela está fazendo simplesmente porque não precisa mais de você" (Gabito Nunes). É assim que me sinto quando um amigo some, deletando-me (literalmente) da vida dele. Mas fazer o que? Cada um com suas escolhas. Só me resta respeitar a escolha desse amigo.

Um comentário:

Andarilho disse...

Quero ver a caricatura, hehehe