segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ah, o amor...


Ah, o amor...
por Carina Freitas da Rosa

O que é este sentimento
que me invade tão de repente,
sem nem ao menos pedir licença?
Que me domina,
que me dá medo,
que me aprisiona,
mas que ao mesmo tempo
me dá a sensação de liberdade,
de leveza, de conexão?
Conexão comigo mesmo,
com a natureza,
com o mundo,
seja ele espiritual ou real.

Este sentimento só pode ter um nome
e não é um nome qualquer
é um nome de peso,
e dos bem pesados
que quando sentimos,
tira todo nosso ar, nosso folego,
e nos pegamos com a cabeça nas nuvens,
sonhando alto, sem medo de cair.
O amor é assim,
um turbilhão de sentimentos
sem explicação,
apenas emoção.


Uma ótima segunda-feira à todos!

Nenhum comentário: