quarta-feira, 11 de março de 2015

Para sempre - Filme e Livro

Ganhei de amigo secreto este livro no primeiro natal, em 2012, que passei com a família do meu noivo, na época namorado. Mas só fui lê-lo este ano, sei lá por qual motivo, porque não lembro agora, talvez eu o tenha esquecido na prateleira. Mas enfim... Primeiro vou falar do livro e depois do filme, pois foi nessa ordem que eu fiz, sem querer querendo, primeiro li o livro e depois vi o filme.
A versão do livro que eu tenho, é da capa com os atores do filme. Ele é um livro curto, de fácil leitura e rápido de ler também. É baseado em fatos reais, o que o torna bem interessante e angustiante ao mesmo tempo.

Para Sempre - A história que inspirou o filme. Pena que não tem foto do casal Kim e Krickitt, mas no final do filme mostra, o que achei bacana. Na capa os atores Rachel McAdams no papel de Page e Channing Tatum no papel de Leo.

O livro conta a história de Kim e Krickit Carpenter (detalhe: os personagens são os escritores do livro, ou seja, é baseado em fatos reais). Como eles se conheceram, se apaixonaram, casaram e no começo na vida de casados sofreram um acidente de carro. Tudo aconteceu muito rápido em menos de 1 ano e a parte mais demorada foi a recuperação do casal. A princípio Krickitt estava sendo dada praticamente como morta, pois tinha chances mínimas de sobreviver, mas ela sobreviveu, com apenas uma sequela não se lembrar do último ano que vivenciou, ou seja, não lembrava mais que estava casada, não se lembrava do marido e da vida à dois. Foram lutas, brigas, adaptações a uma nova vida. É um grande aprendizado a todos de superação.
Gostei do livro, não ficou sendo como um dos meus favoritos, mas é um bom livro de se ler, de fácil compreensão, e principalmente pra conhecer esta história incrível e como o casal deu a volta por cima, sendo que eles tiveram muitos momentos pra desistir, mas não desistiram. E como a fé também é muito importante em nossas vidas, é a base que nos conforta, que nos apoia quando mais precisamos e como o poder da oração é forte, se souberes orar com o coração.
Já o filme, devo confessar que fiquei um tantinho decepcionada. Porque eu esperava ver os personagens do livro ali, mas o que encontrei foram outros personagens, outras vidas, outras coisas. Não vou dizer que foi ruim. Foi bom também. Foi diferente.
No livro os personagens Kim e Krickit Carpenter são ligados um ao outro pelo amor aos esportes. No filme Leo e Paige são ligados pelas artes. No livro as família de Kim e Krickit se unem pra ajudar o casal a superar tudo. No filme Leo não tem família e a família de Paige aproveita o momento pra tentar separá-los (bem filmezinho comercial!!!). A única ligação entre os dois (filme e livro) foi o casal se conhecem, casarem, sofrerem o acidente e lutarem pra que o casamento continuasse mesmo com os obstáculos.
Ambos recomendados, principalmente para os casais aprenderem que uma vida a dois requer cumplicidade. Uma hora um cede em outra o outro. Num relação não existe EU, existe NÓS. O que é bom para ambos? E estar em sintonia um com o outro, dividindo medos, sonhos, tristezas, alegrias, contas à pagar, salários à receber... Isso é um relacionamento a dois bem construído e estruturado.

See you.

Nenhum comentário: